sexta-feira, 2 de novembro de 2007

AGUARDO O GUARDADO, por Syssy Virtuale

Amor prognosticado. Existe a profecia? Já estilhaço a minha redoma com garras e botas;
Aquelas, as de boxeur.
{Demasiadamente fêmea.}
Enquanto aguardo os guardados se dissiparem, as correntes nomeadas rolam pela minha sala, e cravo este rei selvagem pra te apresentar mais uma faceta: A territorialista;
Meu prisma é sagradamente demarcado. O foco dos guardados aurora noutro ponto já, meu amor. Todas essas lentes e monitores, para todas as ópticas serem revistas- menos as de pálpebras fechadas.
Sei do lindo fado do nosso futuro presente, mas e todas aquelas cores do escuro, você se lembra? Esse é o desfoque que fere.
Tacto no escuro pra te alcançar, meu anjo insone.

10 comentários:

Paulo Bono disse...

a pequena poupée está por qui? a pequena poupée e suas palavras-viagens?

grande abraço

SAMANTHA ABREU disse...

Syssy!
fiquei estupefata.
Misturou em mim uma coisa doce e apaixonadamente intensa.

Lindo.
Obrigada
(foi a primeira coisa que li, agora pela manhã).

Um beijo!

KARLA JACOBINA disse...

Syssy!

Isso aqui virou um falópio de ouro!

Seu texto é felino, escrito no breu, gata de bota.

Beijos!

*

Maria Muadié disse...

Syssy,
seja bem-vinda!

jupyhollanda disse...

Syssy,

Lendo seu post lembrei da música de um amigo meu: Alexandre França -http://alexandrefranca.blogspot.com

"Ela
(Alexandre França)

O asfalto reconhece o olhar e deixa Ela passar

Armada e atenta a algum otário e se Ela reparar

No meu sorriso teatral, fará da minha vida um caos

Pois sei que Ela é de cobrar pela felicidade

No braço um peso de tocar a horas violão

E se na melodia Ela pedir, eu viro chão

E deixo Ela me pisar o dia inteiro sem parar

Mas sei que o que Ela mais quer é que eu escreva

Escrevo um livro, falo sobre o sol se pôr

Esqueço a estética atual e falo sobre o amor

Eu monto a arquitetura da cidade, faço história

Invento um enredo de novela e mudo a vida dela pra melhor"

Parabéns pela estréia!

Somos mesmo do FALÓPIO!!!

Bjos

Ju

Paulo Castro disse...

É como se fosse um relatório íntimo. Isso mesmo, um paradoxo. Entre observações, prognósticos, diagnósticos.
E isso vai só até certo ponto: MULHER: quando permite a entrada do outro em um campo de lirismo em que o leitor possa reconhecer e não gritar diante do abismo paradoxal: "anjo insone".
Além de "poeta relatorial", esperta pra caralho.
Palmas.
&
Beijos.
°

o Cronista disse...

mto bom o blog de vcs,
cheio de ajustados e femininos versos,
uma bela coleção!
otimo!

paulo dauria disse...

"mas e todas aquelas cores do escuro, você se lembra? Esse é o desfoque que fere"
Isso é bom d+ da conta!
Um texto íntimo e pensante.
Os guardaos não têm data para se dissiparem!

Grande Beijo
Paulo DAuria

Lais Mouriê disse...

Concordo com o Paulo: palavras-viagem! Lindo demais, Syssy!

Bjos

Anônimo disse...

[url=http://www.ganar-dinero-ya.com][img]http://www.ganar-dinero-ya.com/ganardinero.jpg[/img][/url]
[b]Queres ganar dinero desde tu casa y buscas informacion[/b]
Nosotros hemos hallado la mejor pagina web en internet de como trabajar en casa. Como nos ha sido de interes para nosotros, tambien les puede ser de utilidad a ustedes. No son unicamente metodos de ganar dinero con su pagina web, hay todo tipo de metodos para ganar dinero en internet...
[b][url=http://www.ganar-dinero-ya.com][img]http://www.ganar-dinero-ya.com/dinero.jpg[/img][/url]Te recomendamos entrar a [url=http://www.ganar-dinero-ya.com/]Ganar-dinero-ya.com[/url][url=http://www.ganar-dinero-ya.com][img]http://www.ganar-dinero-ya.com/dinero.jpg[/img][/url][/b]