segunda-feira, 5 de novembro de 2007

FUZUÊ, por Karla Jacobina


Um buquê de erva daninha
pra você
Seu zé-galinha
Seu bosta de bidê
Ponha entre as pernas o rabinho
saia quieto e de fininho
que já faz tarde seu rolê

O que será que será
por quê?
O fim da linha
é a agulha de crochê
O vento leva as pintas
fica a joaninha
que fica com João
na casinha de sapê

Dane-se você
Se a gata não engatinha
chame a secretária
chame a vizinha
ou vá na matinê
Ponha sua calça apertadinha
Aquela camisa amarelo-ypê
e joga na gata e na vaquinha
suas gracinhas de clichê
Quem sabe tu descola
Cola na calcinha
que é o que cê sabe fazer

Ah! Tá com vergonha do fuzuê?
Enterra a cara na covinha
Mete o pau na camisinha
Diga que nunca aconteceu com você
Chame o carteiro, o coroinha
Diabo a quatro e a rainha
pra te defender
Que os amasso com batata
maizena e cebolinha
e de vocês
faço um purê



Karla Jacobina
Fotografia: Calvato

32 comentários:

Gabriele Fidalgo disse...

Uiiii!!

Falou e disse! haha
Aliás, disse o que muita mulher gostaria de dizer para alguns 'zé manés'.

Adorei, Karlinha.

SAMANTHA ABREU disse...

Cara!!!!!
ficou bom demais!
a-do-rei.
Essa daí tá na sala das "Mulheres sob Descontrole".
E eu nem gosto, não, né?!
ahahahaha

Amei!

Um beijo!

Lili Flor de Lótus disse...

Purê??????

É muito gostoso, pra este seu zé.......

Frito é ele com jiló, misturo pimenta em pó......

E jogo ele pras galinhas! kkkkk


Amei!!!!

Beijocas poeta linda!!!!! amo seus escritos!!

Heliane disse...

Até que enfim consegui.........

mas falei e tá falado!!!!

Já pro galinheiro com este Zé!!!!!!! rs
Beijos lindinha!

poupéezinha disse...

Que chicote de seda o seu heim mulher?!
Uau!! Que delícia!!!!!
Beijocasss-

Marcelo Ferrari disse...

credo!
quer que eu diga o que?
abro minha boca
e vc
manda eu me fude

Paulo Castro disse...

Bom, bom, bom, tanto que não imagino essa sua serenidade zen calças berrando um repente desse jeito, mas já ouvi a lenda de tal crise de ódio em que os ovários tremem.
Ovários tremem ?
Cacete...foi o que me ocorreu.
Rs.
Beijão, Karlinha.
°

alan disse...

Karta... tô bege...
nunca te vi tão brava.
kkkkkkkkkkkkkk
alan

Maria Muadié disse...

Ele merece, esse galinha!!

Suhelen disse...

o fim dali linha é a agulha de crochê.

e o fim do galinha?

acompanhado com purê?
nham nham

hihihi

bjos, karlinda linda!

=**

jupyhollanda disse...

Karal,

Bem real e engraçado... se não fosse ruim sentir raiva...se fosse bom... seria maravilhoso!

Mas amei!!!! Vontade de sair falando isso nos saraus...


rsrsrsrsrs


Bjos

ju

Evita disse...

Karla
Você disse tudo.
Concordo e assino e baixo
Valeu!!!!!
Evita

Anônimo disse...

Adorei
Desabafou o que muitas mlheres não tem coragem de gritar.
Você gritou por todas nós.
Kaline

Bill disse...

É... palavras para quem as merecem...
E com certeza muita gente merece ouvir isso (=

Gostei da organização...

(=

disse...

Karla, que texto mais divertido... tô encantada. Menina, vcs são mesmo do falópio, dos ovários (inclusive adorei esse papo de eles tremerem), do útero, ai, ai... Adoro isso aqui. E tbm acho o máximo vcs divulgarem quando tem texto novo. Continuem, pq nem sempre dá pra gente vir olhar.

Obrigada pela visita e pelos elogios, moça. Vindo de vc é mais especial, pq vc escreve mto, mto bem.

Bjs a todas.

Alessandra Almeida disse...

Karla, belíssimo texto.
Parabéns pela desenvoltura.
Isso realmente é o que muitos precisam houvir para acordar.
Virei fã.Irei add aos meus favoritos.
Beijos

anjobaldio disse...

Que fuzuê, hein!

Márcia Reis disse...

oi Karla...suas poesias são profundas e tem um "q" especial, é gratificante ver o imaginario em palavras de uma poetisa...vá em frente, voce é belissima!!! bjs

Paulo Roberto disse...

Cara!
Que loucura.
Você é muito linda.
Adoro mulheres como você.
Pode bater que eu deixo

Anônimo disse...

Estes jovens de hoje, falam o que querem.
Este mundo virou de cabeça para baixo

disse...

Hahahahahahahahaha. Esse anônimo é um piadista, né? É alguém brincando, pode dizer. Kkkkkkkkkkkkkk. (Rindo mto, mto).

paulo dauria disse...

Hei, ficou bom d+!
Melhor que botar pra fora a raiva, é jogar logo na cara do sujeito, né não?
A foto tbém é perfeita, casou perfeitamente com o texto.
Adorei o "o vento leva as pintas, fica a joaninha"! Vou incluir no meu dicionário!

Grande Beijo
Paulo DAuria

KARLA JACOBINA disse...

Todos falamos o que queremos, jovens ou nem tanto, com a cara exposta o anônimos.

Tá tudo BELÊ.

Abraços a todos!

Karla Jacobina

*

Paulo Bono disse...

não, Jacobina.
Berg tem classe, não se parece com o zé galinha.
divertidos os seus versos.
abração

Anônimo disse...

Afinal o "machocosteliano" estereótipo, também se tangueia, aí , por esses lados?
Dom Artigo " O Macho" é o nome dele aqui.

O Humor dito com verdade.
Cristalina renúncia.
Uma maravilha Karla, o seu "dito"

Reafirmo ,este sítio,é Arte.

KimdaMagna

Lais Mouriê disse...

Esse bom humor para falar de gente como esse Zé Galinha é talento! E vc tem de sobra, Ká!

Obs: Continue a falar o que quer, minha jovem! Nós adoramos!!!!!hehehe

Andre, um Jerico disse...

Sua nobreza

Em fase de TPM os hromônios fazem loooooucuuuuras com as fêmeas, né não.

Amei!

Esse troço anda movimentado hein?

Beijo de seu súdito

André, um Jerico
www.ideiadejerico.com

PS: quer fz o favor de por um banner aqui?

Alê Namastê disse...

texto lindo, bem encaixado.

Mais um trago, por favor?!

Vocês estão fazendo um ótimo blog, parabéns!

Salve Jorge disse...

Pois Dona Jacobina
Que até Revolução na França fez
Tudo bem combina
E me faz freguês
Coisa que desatina
Seu artístico português
POis isso de tornar
Aqui ainda outra vez
E vir pra ficar
Cioso espectante
Do seu poetizar...

Cackau Loureiro disse...

nossaaaaaaaaaaaaa, esse purê ta mais que temperado!

FINA FLOR disse...

adoreeeeeeeei!!!!

zé-galinha não dááááá.... merece, mesmo, virar purê.

passe lá, lindona, no canteiro, acho que vai gostar do "no varal", rsrsrsrs* e do meu manual, quem sabe....... és minha convidada de honra.

beijocas

MM.

Marcelo disse...

Quem será o próximo a cair nos seu braços? Na boa, não quero estar na pele dele. . .

Da próxima vez eu aconselho a ser mais inteligente antes de cair nas mãos do primeiro idiota lascivo que aparecer.

Sorte!