quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Quando o poço fala, por Lais Mouriê


Por que olha tanto pra mim, Menina?! Parece que quer tontear, catar as pedras que estão no meu chão ou roubar o verde do lodo para enfeitar seus cabelos?! Menina, aqui no fundo não tem nada não! Sei que o escuro te atrai, que sonha com os dragões que habitam dentro destas pedras. Lembro-me que você dizia que só eles te entendiam. Mas, pára com isso, Menina, eles não entendem os homens. São feitos de fogo que escurece e você anda precisando é que entendam sua luz. Aqui no fundo você não vai encontrar o que procura, ah, não vai não. Nem me diga que se raspar com delicadeza conseguirá tirar mel das rochas. Esqueceu-se de que não consegue mais definir o sabor doce das coisas? Para que você quer mel então? Por que não se contenta com o fel e com a acidez? Deixa de pretensão que não é só com você, Menina. Não insista em dizer que é prisioneira da saudade e que as paredes do poço abafariam teu grito. Sempre terá alguém para escutar e ninguém para responder. A vida é assim, Menina. E cair em mim pode até te livrar da vida, mas nunca te livrará da dor.
.
.
.

18 comentários:

Paulo Bono disse...

Vai viver, essa menina.

Ni disse...

O poço da Menina é o meu céu azul! E nele, eu quero cair (ou subir) de braços abertos. Porque nele não há dores, há vida - e vôo. :)

Lindo, lindo, lindo feito sempre!

Pan disse...

Dentro do poço, olha para cima, menina...
Muito bom!!

Grazinha disse...

Adorei... Tem dias que esse posso parece que fala comigo.

Lindo mesmo, parabéns!

jupyhollanda disse...

texto foda! forte pacas...

Bateu em mim! Amei!

Sabe de uma coisa: tô acahando que nossos textos (de todas as Falópios) estão em sincronicidade essa semana... Fantástico!!!


Bjos Ju

Kimda Magna disse...

Esse um poço com 7 a 14 cms.
Posso ver os ricos cílios
impulsionando
o fel,
a acidez,
o mel.
Qual o lado certo do poço?

Para além do prazer
da poética, fez.me PENSAR...

disse...

Esse poço é um sábio...

Sic disse...

Esse é que é o problema, as vezes pra abandonar a dor precisamos abondonar a nós mesmos...

Adorei o texto parabéns.

Ah! Recadinho pra Samantha

Mulheres sempre dão pano pra manga, e excelentes posts :D

Paulo DAuria disse...

Puxa Lais,
Forte isso, hein? (ia dizer profundo, mas era um poço, e ia ficar um duplo sentido meio bobo...)
Fiquei angustiado, achando que a menina ia pular... Torcendo pra ela ouvir o poço.
Tá certo, assim é a vida... Mas não deveria ser!

Grande Beijo
Paulo DAuria

Salve Jorge disse...

(O dragão olhou do alto, atentamente, aquele aviso antes de intervir..)
- Não sei se intencionas libertar-se da vida ou da dor.. (disse o dito dragão com aquela voz retumbante que só os dragões tem..) Vislumbrei seus sonhos em que buscava por dragões e por acaso sou dragões.. (ele pousou e recolheu as asas..) Ainda que nosso fogo escureça.. (ele disse repreendendo o dono do aviso..) Ele é intenso até o último instante. Ele pode ser fulgaz, mas é inebriante.. fogo de quem segue adiante.. não tenho mel a oferecer, mas algo posso lhe dizer.. seja o que for que tiver para fazer, seja lembrar, seja esquecer.. no âmago, no fundo, no trago, no fim.. só o sabe você se será melhor verter ou absorver... (e então ele cuspiu fogo como só os dragões fazem..)

Tyler Bazz disse...

Se não funcionar, só uns tapas na cara...

moça. disse...

s�bio esse po�o, gostei dele.
e ela? ai dela se pulasse.. depois de uns conselhos desses...

e voc� como sempre, bem demais.
adorei!
=]

Mayara disse...

lindo! =´)

_ _ _ _ t _ _ disse...

poço poço, velho poço. eu fiquei tão feliz ao ler porque andei falando pra "menina" também. haha.
pena que ela não tinha um poço tão sábio para aconselha-la.


lindo! beijos

SAMANTHA ABREU disse...

puxa..
é pra matar a gente de orgulho mesmo!
...

lindo, Lá!

Menina de lah disse...

Menina? Menina de lá?

Beijos e saudade de ti Lais...

KARLA JACOBINA disse...

Sempre na mosca.

E já te disse uma vez, diz coisas que faz tanto sentido como se soubesse exatamente tudo sobre minha sopa.

Beijos!

Yara disse...

Perfeito!!!! Sem comentarios..;)