segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

por Karla Jacobina

Hoje,
tudo o que sinto é abacate
Verde, sem gosto
e com um caroço bem no meio.

12 comentários:

Salve Jorge disse...

Então o mínimo que nos cabe é fazer uma guacamole..

SAMANTHA ABREU disse...

e você conseguiu fazer poesia até disso!
por isso, morro de orgulho.

beijos, Karlinha!

Paulo D'Auria disse...

Salve Karlíssima!

Gostei de ver, espremendo poesia até do caroço do abacate.

Acho que este trecho de Refazenda, tem tudo haver com seu momento:

"Abacateiro teu recolhimento
É justamente o significado da palavra temporão
Enquanto o tempo não trouxer teu abacate
Amanhecerá tomate, e anoitecerá mamão
Abacateiro sabes ao que estou me referindo
Porque todo tamarindo tem
O seu agosto azedo cedo antes que o janeiro
Doce manga venha ser também
Abacateiro serás meu parceiro solitário
Nesse itinerário da leveza pelo ar"

Estou feliz de ver você voltar a postar!!!

Beijos, menina.

Lais Mouriê disse...

Seguindo o coro, conseguir fazer poesia até sobre abacate, não é pra qq um não...

Arrasou!

Bjos, sumida linda!

Fláh disse...

Que tal fazer um frapê, verde, docinho e com gosto de quero mais?

ps: claro se gostar né.
:)

poupéezinha disse...

Pois te digo que se misturar uma boa pimentinha com uma pitada de coentro e outros segredos de uma curandeira de especiarias, te garanto um dia bem picante da próxima vez que acordar assim.
Delícia de poesia menina!!
Beeiiiijosss!!

KIMDAMAGNA disse...

se misture com um dl de vinho do porto ( 15 anos).
algumas pitadas de açucar mascavado.
duas gotas de absinthe.
o caroço guardado...
se beba...
adoce se...

Kandunga é essencialmente líquida.

Gabriele Fidalgo disse...

Só para confirmar o que já disseram: Você é ótima, Karla!

Beijos. =]

Juliana Hollanda disse...

a-d-o-r-e-i!

(tô falando sério)

Ia sugerir guacamole, mas já foi sugerido. Ia sugerir com açúcar, mas já foi sugerido...

que tal um hidrantante para os cabelos?? *rsrsrs

(menina agora tô brincando)

Bjos

Ju

Suhelen disse...

meu trauma de infância ainda são os abacates...

=]

[parabéns, moça! tudibão, sempre!]

=**

José Calvino disse...

Querida Karla,
Uma novidade:
Corte o abacate em quadradinhos, sal à gosto, vinagre e azeite de oliva para temperar a salada de verduras e legumes. Ninguém dirá que tem abacate...rsrsrs
Que delícia, menina!!!
Beijos do,
Calvino
Recife

Jota disse...

Eu, lendo esse poema, me senti abacatada: Doce, forte, de nutrição refrescante.