segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

por KARLA JACOBINA

E a gente já tem uma cama?
Não?
Então a gente se vira,
se ajeita no chão,
afinal,
o amor não cabe no colchão
sobre a madeira de lei.



Fotografia: Joris Van Daele

11 comentários:

Adriano Caroso disse...

Fantástico. Poucas palavras, muito conteúdo. A foyo é perfeita. Parabéns!

disse...

Não cabe mesmo. Aliás, não cabe em nada, nem em nós. Lindo, Karla!

Maria Muadié disse...

Amando noite afora
Fazendo a cama sobre os jornais
Um pouco jogados fora
Um pouco sábios demais
Esparramados no mundo
Molhamos o mundo com delícias
As nossas peles retintas
De notícias
Amando noites a fio
Tramando coisas sobre os jornais
Fazendo entornar um rio
E arder os canaviais
Das páginas flageladas
Sorrimos, mãos dadas e, inocentes
Lavamos os nossos sexos
Nas enchentes
Amando noites a fundo
Tendo jornais como cobertor
Podendo abalar o mundo
No embalo do nosso amor
No ardor de tantos abraços
Caíram palácios
Ruiu um império
Os nossos olhos vidrados
De mistério

Chico Buarque in Amando sobre os jornais, 1979)

SAMANTHA ABREU disse...

Karlinha!
amei.
amor exagerado, desesperado, pressa.
amor de verdade.
que não se importa com a maciez de um colchão, amor de qualquer lugar...
e você disse isso tão belamente, em poucas palavras.
coisa pra poucos, nega.

amei.
Um beijo!

Paulo D'Auria disse...

Não, o amor não cabe em um colchão, nem em uma pilha deles.
O amor só cabe na garrafa da Jeannie.
O amor só cabe em um poema.

Lindo Karlinha!

Beijos djavanisticos para ti:
"Por ser exato o amor não cabe em si, Por ser encantado o amor revela-se, Por ser amor invade e fim."

Gabriele Fidalgo disse...

O Amor transborda. Talvez não caiba mesmo em lugar algum. Mas sempre é dado um jeito. Há sempre um lugar para o amor.


Lindo Lindo, Karla. =]

José Calvino disse...

Querida Karla,
Lindo, a foto, idem, que maravilha!
Permita-me:
Com sede de amar
tudo se vira.
Mas, então,
tudo afinal
as coxas primam,
amor é viver
quando se amam...
Amem!
Beijos do,
Calvino
Recife

Lunna Montez'zinny disse...

O amor busca espaço onde puder, as vezes parece grande demais até mesmo para caber dentro da gente... Belo versar.

Clayton disse...

A lei do amor!

KimdaMagna disse...

E a GENTE se enlama,
na cama,
desama...
ama,
escorrega
na casca,
banana!

Xaxuaxo

Salve Jorge disse...

Pra que cama
Se a gente sempre derrama
Só transborda
Se equilibra nessa corda
E quando acorda
Reascende a chama...