domingo, 22 de junho de 2008

Expectativa, por Juliana Hollanda

minutos escorrem do tempo
gotas de cerveja escorregam pela língua
rumo aos rins

líquido que espera.


esperar desesperado
e um abraço perfeito,
quente,
sem hora.

esperar pela tarde
num(a)manhã que nasceu
{e não é meu
e nem seu}


há duas horas do inverno chegar
esperar por você
calor nos olhos
fio puxado no tricôt
lágrimas
e saudade.

*foto: www.olhares.com

Um comentário:

Ester Murta disse...

Maravilhoso!! Parabens vc e seus textos...adoro!