terça-feira, 24 de junho de 2008

Insaciável, por Samantha Abreu

foto de Anke Merzbach
.

Qual o limite
dessa tênue linha
que separa
a sorte
e
a morte.

A quantos passos
posso garantir
livre arbítrio,
sobre essa dúvida
do.........do
....eee.....
ndo......ndo.

Ir,
ou ficar.
A escolha arde,
quando o que quero
é o mundo.
.
.

12 comentários:

Silvião Côrtes disse...

Mas se queremos o mundo, já não conhecemos a profunda linha que cruza entre a sorte e a morte e faz-se trilhos entra a ida e a vida,
Mas se é liberdade já não eh perdida e se é chegada, já não é partida,
E se queremos ficar, podemos ir de uma vez e encontrar a dúvida no fim desse caderno escuro,
Mas aqueles que correm, correm porque sentem saudades e aqueles que amam, amam porque estão à vontade...

* A própósito, o Fraser em Crash nada mais é que o George de terno. Grande abraço!

Sérgio Luyz Rocha disse...

..ir ou ficar?? só mesmo fazendo uma coisa ou outra prá ver o quanto arde viver...
Lindo poema, Samantha...
ah...e se esqueci de dizer, adorei lê-la como crítica de cinema...

Bjs!!

KimdaMagna disse...

A morte é a sorte
do livre arbitrio.
Não há dúvidas , só vidas...

entretanto florescem sem parar, os mundos á tua volta...
deixa-te ir...


xaxuaxo

José Calvino disse...

Querida Samantha,
Lindo poema,agora eu pergunto:
"Aonde iremos nós?*
Inferno
Pra onde vais?
Não sei
Quando contas fitas, te fita!
Ir-se para aonde?
Inferno..."
*Versos do livro:"Ir..." p.126
Abração do,
José Calvino

Márcia(clarinha) disse...

O mundo é o ápice e arde tê-lo...

lindo dia flor
beijos

Fabricio Fortes disse...

"o limite entre a morte e a sorte".. talvez a diferença entre o "s" e o "m"..
lindo poema

Yara disse...

Arde
tênue
insaciável
tua poesia.

Salve Jorge disse...

Toma
Mundo
Roma
Tudo
Eu até ajudo
Um empurrão
Eita..
Precipício.. o.O
Talvez seja o início
Já que linhas são todas convenções...

Salve Jorge disse...

Toma
Mundo
Roma
Tudo
Eu até ajudo
Um empurrão
Eita..
Precipício.. o.O
Talvez seja o início
Já que linhas são todas convenções...

Marcelo Mendonça disse...

o conflito do mundo ao meu redor

Rafael C. disse...

as dúvidas afligem a todos...a todos que pensam estar vivos.

Aline Aimée disse...

hum, belo demais!