domingo, 1 de junho de 2008

Planilha Excel, por Juliana Hollanda

(olhares.com)

organograma de palavras enfileiradas na ponta da língua.
eu muda. sem dizer. engolindo sapos. engasgo-me pelo quarteirão e sigo.
eu queria falar tanta coisa... e gaguejo!
sinto coisas. não enxergo.

ensaio desenhos... rabisco o papel para tirar toda essa coisa indigesta de dentro de mim e fazer com que a minha digestão volte ao normal.

é difícil demais mastigar. ingerir. deglutir... proibo-me, inconscientemente, de comer. a garganta está fechada. tenho pedras entaladas no pescoço. a voz não sai...
cordas vocais possuem nódulos. nódoas. resíduos de um ronronar.

sonidos dissonantes não ecoam nas paredes de plástico
e as risadas seriam a felicidade de amanhã
se eu não estivesse chorando.

Nenhum comentário: