terça-feira, 15 de julho de 2008

Estorvo de Vida, por Samantha Abreu

foto de carl bengtsson

A vida era um caus. As coisas da casa insistiam em estar desarrumadas, as sujeiras se amontoavam pelos cantos na tentativa de se esconderem dela e de sua descontrolada ansiedade por arrumação.
Passava dias a escutar seus barulhos, com cabelo emaranhado entre os dedos que passeavam pela cabeça em busca do centro daquela dor. Tudo lhe causava um incômodo levemente costumeiro, acompanhado de uma súbita vontade de correr para longe de tudo. Viver era desconfortável.

Os pais lhe internaram várias vezes, sem solução. A angústia que lhe saía dos poros e refletia desespero em seus olhos era de penalizar qualquer um que a observasse. Nada adiantou para ajudá-la, até o dia em que a mãe, depois de esquecer o veneno para ratos sobre a geladeira, a encontrou caída no meio da sala. Ainda soltava alguns gemidos, mas a velha, cansada, não moveu um único músculo para socorrê-la. Apenas prendeu os olhos à tevê, sua novela preferida, e ali ficou até que tivesse certeza de que, finalmente, seu espírito estava em paz.
Lucia debateu-se alguns segundos no tapete e, em agradecimento, olhou para a mãe que tentava, em vão, ignorar tal sofrimento.
Finalmente, a vida lhe acabava.
Deixava-lhe, aquele estorvo, em paz.
.

6 comentários:

ROSA E OLIVIER disse...

"Reis Magos, é tempo!
ofrecei bosques, várzeas e campos
á menina selvagem:
ela veio atrás das libélulas!"...!?...

Baci.

Felipe Rangel Prado disse...

Vcs são ótimas. prazer em ler vcs.

Leandro Jardim disse...

forte!

beiJardins

KimdaMagna disse...

Você tocou no cerne da questão.
Imensa gente sofrendo e a frieza humana gelando o comportamento humano.
Distraídos/alienados?
Separados irrevogavelmente?
Mas não tinha que ser assim né?

"Mundo Cão Raivoso" é o que é...


Xaxuaxo

Alê disse...

veneno porta aberta.

Beijos

KimdaMagna disse...

Esse ( Estorvo de Vida ) merece um arremate:
Coisas lindas jorram (nascem)inesgotavelmente do ventre da KIANDA.Um Parido dolorosamente lindo.

XAXUAXO