terça-feira, 22 de julho de 2008

Fingimento, por Samantha Abreu


Eu quase aprendi
que o amor
é a grande piada.

Qua - se
ri.

Mas o que ficou
foi esse sorriso bobo,
disfarçado.
E fingi que
o qua - se
era problema
daqui.
.

8 comentários:

Yara disse...

Eu
quase amada
escrevi também sobre um quase...
Qualquer dia eu publico.

Não tão bom quanto o seu.

KimdaMagna disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
KimdaMagna disse...

No qua-se estamos perto e em condições da plenitude.
Há ali um mistério ( no qua-se).
Também se diz quase tudo ou quase nada.

xaxuaxo na Kianda

anjobaldio disse...

E que crias maravilhosas, hein?

Salve Jorge disse...

E
É
Era
Eras
Eram
Feras
Ferem
Mas rir
Quase
Casualmente
Preferem...

Three Love's disse...

é sempre assim;
quando o sorriso qua-se acontece,
sempre fica esse sorriso amarelo, bobo, fingido.

b.e.i.j.o.s.

bossa_velha disse...

lindo com poucas palavras, sempre.

Fernanda Leturiondo disse...

Massa!

Lugar de muita coisa pra se ver este! Bom passear.