sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Immensu

Foto: Filipe da Veiga Ventura Alves

Suas lágrimas me foram ímã.
Enquanto flutuava rumo à sua chuva, percebia a minha redenção.
Aquele corpo celeste trazia consigo seus três Companieiros alados.
Eu chorava junto, em sincronia às três Levezas que me traçavam em suas malhas invisivelmente douradas.
Foi em sua seiva de bênção que banhei o meu espírito.

* Há de se ter uma delicadeza extraordinária de alma para se tornar um Perseu.

Um comentário:

Gabriele Fidalgo disse...

Também chorei junto.

Lindo!