sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Ex-cu-do(r), por Syssy Virtuale

Light projection; Jennifer Holzer
.
Tivesse eu o manto que me protege, cintila o qual criei;
Tornasse-me ele invisível, e Luz aos olhos seus- só seus.
Que estas minhas raízes, conchas-fantasias,
A-feto recriado pelo desejo de.
De-fenda -me.
Flutuasse eu menos à deriva,
fosse eu menos nuvem,
vc meu barco, meu arco, meu (br) aço;
Menos tormenta, meu Sol-dado.
Lavasse Vida minha Alma no seu leite,
de-leite,
ex-peço.
Leve, releve:
Re-bento -me.
.

2 comentários:

SAMANTHA ABREU disse...

tuas palavras tem um fio doce de navalha, Syssy.
Gatusca mia.
Lindo demais.

KimdaMagna disse...

gosto particular(mente) quando
vc começa a desparazitar as palavras...
há sons, brilhos, imagens,
no Sol-dado


xaxuaxo