segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Sessão Matinê

foto de Adrian Batista
.
Cinema era bom às terças, depois do almoço. Ia sozinha e podia comer dois potes de pipoca. Pedia tamanho médio, pois do pequeno teria que comprar três e evidenciaria não só sua solteirice tardia, mas também seu desespero por ocupar a boca com algo que não viesse de outra boca.
Já tinha passado da idade para sessões da tarde, mas o horário propiciava sua conveniente solidão, e ninguém conhecido a veria. Podia sentar nas poltronas do meio, bem em frente à enorme tela. Conseguia esquecer, por algumas horas, de quem era. E se imaginava na pele de tantas atrizes e personagens que, inevitavelmente, ao final, saía pela porta vestida sob a sutileza de outros papéis.
Assim, qualquer dor era remediável. O cinema era mesmo muito bom durante as matinês de terça, no mesmo horário das consultas que tentavam lhe fazer descobrir-se...
.
.

Um comentário:

Kauana Resende disse...

Meninas! Adorei o blog de vcs! Queria pedir permissão para linkar e visitar mais vezes! Excelente texto Samantha!