sábado, 29 de novembro de 2008





















Elliott Erwitt

Não sou imune à sua presença
a sua presença entra
pelos sete buracos
da minha cabeça*.

Sou sensível à sua presença
quando você desliza
deliberadamente lento
e consciente
que eu observo
seus detalhes.


Veladamente nos entregamos
ao mistério de olhar

e ser olhado.


Martha Galrão

* Caetano Veloso

3 comentários:

Janaina Amado disse...

MUITO lindo, Martha!

Sabrina Sanfelice disse...

Aplausos.

Doce, suave... lindo. Parabéns.

Salve Jorge disse...

Sem imunidade
Ou pretensão de verdade
Eu só me perco na vaidade
Misteriosa do teu olhar...