terça-feira, 20 de outubro de 2009

Miss Mulherzinha, por Samantha Abreu

.
Percebo que, afinal,
sou apenas uma mulherzinha
cheia de pequenos
detalhes.

Uma Miss Dalloway
simulando uma festa de vida,
mas amando o desejo de morte.
Mulherzinha do tipo que não se nota.

E você procura tanto
pelas ruas
a desgraça de um bom drama,
que não me suporto mais ser.

Arreganho, pois, a alma, depois
das pernas,
e te mostro como um bom drama
se traveste de hábitos.
.

7 comentários:

Sunflower disse...

Samantha... "Inha"?!

Mas que coisa sem o menor sentido!

jupyhollanda disse...

"Arreganho, pois, a alma, depois
das pernas,
e te mostro como um bom drama
se traveste de hábitos." - Q tudo isso, Sá!!!

Amo!

B-Ju

Marcos Satoru Kawanami disse...

arreganho
no meu ganho,
e inda gosto
quando apanho!

que foi pra isso que eu nasci...

Lorita disse...

Inha não, violão!

:)

a clara menina Clara disse...

Fantástico!

Daisy Serena disse...

"como um bom drama
se traveste de hábitos."

forte.


adoro as horas, prefiro o livro ao filme.

Patrícia Lage disse...

Pootz,
delícia de versos!

Meu beijo, querida.