sexta-feira, 23 de abril de 2010

Hora da Reafeição, por Janaína Lisboa

.
Sento-me à mesa lotada de garotas com disturbios alimentares. Elas se sentem: ansiosas, entediadas, solitárias, tristes, incompletas, deprimidas. Tais sentimentos são seu banquete. Devoram um por um, e, mesmo restos presos no inferno da boca, repetem o tempo todo: “não é saboroso!?”. Vendo tanta carnificina d'alma, conclui que reafeições deveriam ser feitas mais de três vezes ao dia.

4 comentários:

Duanny!. disse...

Adorei.
O pior é que essa carnificina piora com o passar do tempo.

=p

Marcos Satoru Kawanami disse...

não faz sentido sofrer por causa de uma necessidade fisiológica primária como uma ameba.


=D
Marcos

Paulo Bono disse...

eu sou o próprio distúrbio alimentar.

Marcos Satoru Kawanami disse...

Pauno Bono,

eu sou o próprio distúrbio
eu sou o próprio
eu sou ó...
eu sou


=D
Marcos