segunda-feira, 12 de julho de 2010

apenas sobre o nada, o tédio ou o amor (I)

essa sensação esquisita entre o estar e o não estar

sobre o ser e o que ser?

sobre o que está acerca e dentro

do peito

de todas as incertezas,

a única que me é certa é o amor

o que sinto

e não o que sentem

o que sinto quando estou só

o amor que sinto quando olho para ele

e muitas dessas vezes

ele nem me vê.

8 comentários:

Gisely Azevedo disse...

Lindo texto... Adorei.

Tib disse...

Isso é um acontecimento tão frequente, paixões platônicas. Mas para mim são as melhores, por que ela (ou ele) é perfeito até então.

Cynthia Gonçalves disse...

Caramba, que turma boa! rs
Parabéns pelo blog... adorei os textos, poemas e pensamentos postados por vocês, são fortes e muito bem escritos.
Tenho um catinho para meus pensamentos também, quando puder me visite hojesouassimepronto.blogspot.com

rowfcoelho disse...

Belos textos

rowfcoelho@hotmail.com

Michelle Trindade disse...

Paixões platônicas numa boa dose até dá para curti-las...

dinha'' disse...

Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
Acessa o meu blog?
"Crianças Envelhecem"

http://criancasenvelhecem.blogspot.com/

Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
Atenciosamente Dinha".

Safe Pest Control disse...

I have read so many posts about the blogger lovers except this piece of writing is actually a pleasant paragraph, keep it up.

----------------------------
ant control sydney | commercial pest control sydney | pest management sydney

johan paterson disse...

Did you build this amazing site yourself? Please reply back as I’m wanting to create my own blog and want to know where you got this from or what the theme is called. Thank you!

------------------------------
Web Design | Web Design Adelaide | Web Design Brisbane